UFPR 2010 – Questão 68

Linguagens / Literatura
A respeito do livro Urupês (1918), de Monteiro Lobato, é correto afirmar:
a) É nos artigos “Velha Praga” e “Urupês” que se desenvolve a caracterização do personagem Jeca Tatu, caboclo preguiçoso e soturno. Nos textos ficcionais, Jeca Tatu não é personagem e os personagens não se assemelham a ele.
b) Vê-se no caboclo Jeca Tatu e nos demais caipiras um
prenúncio das personagens infantis de Monteiro Lobato,
especialmente de Emília, a Marquesa de Rabicó, que surge pela primeira vez no livro Reinações de Narizinho.
c) O espaço dos contos é a fictícia Itaoca, exemplo de ci
dadezinha afastada de centros urbanos, de vida monótona, criticada pelo narrador como região atrasada e tradicionalista. Sua caracterização é detalhada especialmente no conto “Os Faroleiros”, o primeiro texto ficcional do livro.
d) Espaço, personagens e ação estão integrados nos contos e artigos de Urupês: as descrições da natureza muitas vezes estão diretamente relacionadas com a caracterização de personagens ou com o enredo, como nos contos “Bocatorta”, “O Matapau”, “Bucólica” e “O Estigma”.
e) A referência a escritores da literatura mundial (como Shakespeare, Maupassante Kipling) é um recurso intertextual frequente nos contos de Urupês, denotando a ampla cultura das personagens do meio rural.

Veja outras questões semelhantes:

FAMERP 2015 – Questão 65
“os versos pode ser que não fossem inteiramente maus.” ...
UFPR 2012 – Questão 60
Existe uma regra geral em fisiologia animal que define como sendo de 1 mm a espessura máxima de um tecido capaz de sustentar suas células se o mecanismo de transporte é realizado apenas por difusão. Células, tecidos e organismos precisam ter...
FUVEST 2020 – Questão 44
No excerto, o autor recorre à intertextualidade, dialogando com a comédia de Molière, Tartufo (1664), cuja personagem central é um impostor da fé. Tal é a fama da peça que o nome próprio se incorporou ao vocabulário,inclusive em português,...
UFPR 2016 – Questão 45
O cartograma abaixo apresenta cinco municípios do estado do Paraná: ...
UFPR 2019 – Questão 92
El diálogo entre Susanita y Mafalda expone: a) el secreto más entrañable que Susanita ha guardado hasta aquel momento. b) la falsedad de Susanita que da a entender algo con lo cual Mafalda no está de acuerdo. c) la lucidez de pensamientos que las dos amigas demuestran frente al problemade la hipocresía. d) la alabanza de las cualidades de Susanita por parte de Mafalda. e) la envidia de Mafalda frente al contentamiento de Susanita.