ENEM PPL Humanas e Natureza 2011 – Questão 24

Ciências Humanas / História
Subjaz na propaganda tanto política quanto comercial a ideia de que as massas podem ser conquistadas, dominadas e conduzidas, e, por isso, toda e qualquer propaganda tem um traço de coerção. Nesse sentido, a filósofa Hanna Arendt diz que “não apenas a propaganda política, mas toda a moderna publicidade de massa contém um elemento de coerção”. 
AGUIAR, O. A. Veracidade e propaganda em Hannah Arendt. In: Cadernos de Ética e Filosofia Política 10. São Paulo: EdUSP, 2007 (adaptado). 

À luz do texto, qual a implicação da publicidade de massa para a democracia contemporânea?
a) O fortalecimento da sociedade civil.
b) A transparência política das ações do Estado.
c) A dissociação entre os domínios retóricos e a política.
d) O combate às práticas de distorção de informações.
e) O declínio do debate político na esfera pública.
Esta questão recebeu 92 comentários

Veja outras questões semelhantes:

Albert Einstein 2019 – Questão 19
Depois do ataque japonês a Pearl Harbor, e com a entrada dos Estados Unidos na guerra contra o Eixo, o leque de produtos comprados à América Latina aumentou bastante.A borracha e o quartzo brasileiro adquiriram um papel vital na defesa do...
UNESP (julho) 2014 – Questão 32
A comparação que o texto estabelece entre Roma e Esparta é pertinente, uma vez que foi comum às duas cidades ...
Base dudow 2000 – Questão 44
Com base nos textos e nos conhecimentos sobre o tema da Expansão Marítima dos séculos XV e XVI é correto afirmar que as navegações: ...
PUC -SP 2017 – Questão 31
O texto sugere que o surgimento do Curupira, no imaginário tupi do final do século XVI, pode ser explicado como uma ...
UEL 2009 – Questão 21
Os astecas sacrificavam prisioneiros de guerra para alimentar seus deuses. O capturado tinha seu coração arrancado, era decapitado e tinha seu sangue bebido pelo captor que, depois, levava o corpo para casa, esfolava-o, comia-o com milho e vestia...