UNIFESP port e inglês 2011 – Questão 12

Linguagens / Português / Língua e Funções / Interpretação de texto
Ontem a Serra Leoa,
A guerra, a caça ao leão,
O sono dormido à toa
Sob as tendas d’amplidão!
Hoje... o porão negro, fundo,
Infecto, apertado, imundo,
Tendo a peste por jaguar...
E o sono sempre cortado
Pelo arranco de um finado,
E o baque de um corpo ao mar...
 
Ontem plena liberdade,
A vontade por poder...
Hoje... cúm’lo de maldade,
Nem são livres p’ra morrer...
Prende-os a mesma corrente
– Férrea, lúgubre serpente –
Nas roscas da escravidão.
E assim roubados à morte,
Dança a lúgubre coorte
Ao som do açoite... Irrisão!...
Castro Alves, fragmento de 'O navio negreiro – tragédia no mar'
Nesse fragmento do poema,

a) o poeta se vale do recurso ao paralelismo de  construção apenas na primeira estrofe.
b) o eu-poemático aborda o problema da escravidão segundo um jogo de intensas oposições.
c) os animais evocados – leão, jaguar e serpente – têm, respectivamente, sentidos denotativo, denotativo e metafórico.
d) o tom geral assumido pelo poeta revela um misto de emoção, vigor e resignação diante da escravidão.
e) os versos são constituídos alternadamente por sete e oito sílabas poéticas.

Veja outras questões semelhantes:

Base dudow 2000 – Questão 44
“Uma linha de coerência se esboça através dos ziguezagues de sua vida. Ora espiritualista, ora marxista, criando um dia o Pau-Brasil, e logo buscando universalizá-lo em antropofagia, primitivo e civilizado a um tempo, como observou Manuel...
UNESP 2013 – Questão 8
Considerando-se que os papéis desempenhados pela esposa e pela escrava são reveladores do modo como sentem as condições em que vivem, pode-se afirmar que Cleia e Melita encarnam em cena, respectivamente, dois sentimentos distintos: a) insatisfação – felicidade. b) ingenuidade – sabedoria. c) respeito – desprezo. d) admiração – resignação. e) orgulho – euforia.
UERJ 2012 – Questão 13
Nesta reconstituição de fatos velhos, neste esmiuçamento, exponho o que notei, o que julgo ter notado. O uso do verbo “julgar”, no fragmento acima, promove uma correção do que estava dito imediatamente antes. Essa correção é importante para o sentido geral do texto porque: a) questiona a validade de romancear fatos b) minimiza o problema de narrar a memória c) valoriza a necessidade de resgatar a história d) enfatiza a dificuldade de reproduzir a realidade
Base dudow 2000 – Questão 47
Sua obra é constituída de Três Crônicas: Crônicas de El-Rei D. Pedro, Crônicas de El Rei D. Fernando e Crônicas de El Rei D. João. Foi o mais importante cronista de Portugal. Foi Chamado de “Heródoto Português”, pelo pioneirismo e pela qualidade de seu trabalho. Trata-se de: a) D. João b) D.Diniz c) Gil Vicente d) Fernão Lopez e) Garcia de Rezende
ENEM Ling (91-135) e Mat (136-180) 2009 – Questão 128
A partida ...