UERJ 2008 – Questão 51

Ciências Humanas / Geografia / Urbanização: Conceitos e Aspectos Gerais / Desigualdades
A fotógrafa Payal Parekh estaciona seu carro ao lado da favela de Cuff Parade, em Bombaim. Filha do dono de uma grande confecção de tecidos de seda, Payal não sabe o que é ter medo de sua cidade. Com a máquina [fotográfica] pendurada no pescoço, uma câmera digital nas mãos, óculos escuros Chanel, a moça entra sorrindo pelas vielas.
– Eu não tenho o menor medo de entrar nas favelas. O único cuidado que tenho é pedir permissão para bater a foto
antes de clicar, porque muita gente é tímida e não gosta – conta.
Adaptado de O Globo, 18/02/2007
 
O caso indiano revela a insuficiência do argumento que aponta a pobreza como causa primordial da violência. Esse exemplo permite refletir sobre a relevância de outros fatores explicativos da violência, tais como:
a) origem étnica
b) legislação penal
c) forma de governo
d) formação cultural
Esta questão recebeu 5 comentários

Veja outras questões semelhantes:

UNESP 2012 – Questão 35
Ao caracterizar a escravidão na África e a venda de escravos por africanos para europeus nos séculos XVI a XIX, o texto: ...
UERJ 2012 – Questão 4
Além da comparação entre papéis sociais, há no texto outra comparação, implícita, que indica uma compreensão do narrador acerca de comportamentos na sociedade. Essa comparação implícita está em: a) Menino, naqueles tempos, não dava opinião. b) Também se falava misteriosamente em “moléstias de senhoras”. c) Nunca me apareceu nenhuma. d) Até hoje me assombra este verso único.
UERJ 2010 – Questão 53
Adaptado de Atlas do meio ambiente. Le Monde Diplomatique Brasil, 2008. ...
UERJ 2012 – Questão 40
Observe a sequência de bases nitrogenadas que compõem a porção inicial de um RNA mensageiro transcrito em uma determinada proteína de uma célula eucariota: AUGGCUAAAUUAGAC.......... ...
UFSCar - Quí, Mat e His 2009 – Questão 22
Observe a imagem Essa escultura – a Pietà – é uma obra de arte do período a) clássico romano. b) medieval. c) renascentista. d) barroco. e) romântico.